Alimentação

Amamentação noturna: lista com 5 BENEFÍCIOS

February 7th, 2017
Categorias: Alimentação

É lindo romantizar a amamentação noturna. O bebê resmunga baixinho e a mãe acorda feliz e radiante cantarolando durante toda a mamada enquanto faz carinho na cabeça do seu bebê.

Todas nós sabemos que essa não é uma cena lá muito comum. Aqui em casa pelo menos eu não acordo lá muito feliz pra amamentar de madrugada não.

Mas recebi da minha cunhada uma matéria muito interessante mostrando 5 coisas legais sobre a amamentação noturna, e nada mais justo do que compartilhar essa preciosidade pra que a gente se sinta um pouco melhor por ter o sono picado durante a noite, né não?

1) As mães que amamentam ao seio na verdade dormem MAIS do que as mães que alimentam os filhos com fórmula!

Sim… você está cansada, mas você leu isso corretamente! De acordo com um estudo, mães que amamentam dormem de 40-45 minutos a mais por noite em média nos primeiros 3 meses pós parto.
Em um período de 3 meses, isso é BASTANTE tempo de sono! Uma pesquisa também nos mostra que todo esse tempo a mais de sono é muito importante para a saúde mental da mãe e serve para diminuir o risco de depressão pós parto.
Mães que amamentam têm menos chances de terem DPP

2) Em mulheres que estão amamentando, a produção de prolactina segue um ritmo circadiano?

Estudos têm mostrado que o nível de prolactina (hormônio responsável pela produção de leite) em mulheres que amamentam aumenta de forma significativa durante a noite, particularmente de madrugada. Bebês muitas vezes querem mamar mais à noite por uma questão simples, tem mais leite à noite!
A natureza é perfeita!

3) Bebês nascem sem nenhum ritmo circadiano estabelecido!

Eles não sabem distinguir o dia da noite e levam muitos meses para desenvolver o próprio ciclo. Eles também não produzem a própria melatonina (hormônio do sono) por quase todo o início de suas vidas. Mas, adivinhe o que está cheio de melatonina? Seu leite noturno!
Então, cientistas atualmente sabem que o leite rico em melatonina da madrugada ajuda os bebês a desenvolver seus próprios ritmos circadianos e os ajuda afinal a dormir longos períodos à noite, com o passar do tempo.

4) Além da melatonina…

seu leite noturno é rico em outras substâncias indutoras do sono e estimuladoras do cérebro. O trecho a seguir é de um artigo da pesquisadora Darcia Narvaez, PhD da Universidade de Notre Dame.

“Pais devem saber que o leite materno produzido à noite contém mais triptofano (um aminoácido indutor do sono). Triptofano é o precursor da serotonina, um hormônio vital para o funcionamento e desenvolvimento do cérebro. Nos primeiros meses de vida, a ingestão de triptofano leva a um maior desenvolvimento do receptor de serotonina. O leite materno noturno tem também aminoácidos que estimulam a síntese de serotonina. A serotonina faz com que o cérebro funcione melhor, mantém a pessoa de bom humor e ajuda com os ciclos sono-vigília. Deste modo é especialmente importante para as crianças serem amamentadas durante à noite, porque neste leite contém o triptofano, por razões além de fazê-los dormir.”

5) Amamentar à noite pode ser importante para manter a produção de leite materno por um longo período e pode significar menos tempo para retirar leite para as mães que trabalham.

Veja, o seio materno sabe o quanto de leite produzir baseado principalmente na frequência que é esvaziado; esta é a lei da oferta e procura, que se baseia nas 24 horas naturais mundiais do dia… e não apenas no horário em que a mãe está acordada.

O número de vezes que uma mãe irá necessitar para esvaziar seus seios para manter uma produção de leite em longo prazo tem sido chamado de “Número mágico”. Se uma mãe não está amamentando um número suficiente de vezes, durante um período de 24 horas, para atingir seu número mágico, seu corpo irá eventualmente diminuir a produção de leite e a quantidade de leite irá diminuir. Para mães que trabalham fora e amamentam, amamentar mais durante a noite significa mais sessões de amamentação num período de 24 horas, o que por sua vez pode significar menor necessidade de tirar leite enquanto ela está no trabalho e ainda assim atingindo seu número mágico.

Esta dinâmica básica se aplica a bebês mais velhos, que podem ainda necessitar das mamadas noturnas também!

Então, quando ouve seu bebê acordar às 2 da madrugada, na realidade, ele esta te dando de presente MAIS tempo de sono, diminuindo o risco de depressão pós parto, construindo e desenvolvendo o cérebro dele, possivelmente diminuindo o risco de distúrbios de humor em longo prazo, desenvolvendo seu próprio ritmo circadiano, mamando quando você produz mais leite, assegurando a produção de leite por um longo período, E te dando a oportunidade de tirar menos leite no trabalho! Não é demais?

Artigo escrito originalmente em https://breastfeedchicago.org

Ler mais sobre: Alimentação

Leia também...

7 Dicas para Armazenar Comida de Maneira Inteligente

September 5th, 2016
Categorias: Alimentação

No dia a dia dificilmente temos tempo de cozinhar todos os dias, quem dirá quem tem filhos.

Aqui eu ainda luto pra manter a organização e na maioria das vezes acabamos jantando lanche mesmo porque eu nunca acerto a proporção de comida pra reaproveitá-la no jantar. E bom, cozinhar tudo de novo depois de um dia mega cheio de trabalho, filhos, e tentativas de manter a casa limpa eu confesso que desisti de cozinhar à noite, salvo raras excessões.

Passeando pelo Pinterest encontrei várias dicas sensacionais de como armazenar comida e organizar tudo um pouco melhor pra facilitar nosso dia a dia.

Dentre todas as que encontrei separei as 7 melhores e aparentemente mais eficazes pra vocês.

  1. Organizando os temperos:
    Meu armário de temperos é uma massaroca de tudo o que você possa imaginar. Com esses pequenos tubos de ensaio tudo fica mais organizadinho. Em qualquer loja de artigos para festas é possível encontrar, tanto de vidro quanto de plástico.

Tubinhos de ensaio com temperos

Temperinhos organizados em pequenos tubos de ensaio | foto: Pinterest

  1. Porções:
    Achei apenas esta versão com carne moída, mas isso pode ser feito com húmus, molho de tomate e diversos outros alimentos. Basta colocar tudo num saco próprio para alimentos, colocar no congelador até dar uma leve endurecida (se o preparo for mais líquido) e antes de congelar completamente tirar, fazer essas separações e voltar tudo ao congelador.

Carne moída porcionada

Carne moída porcionada

  1. Gavetinhas: Aaah essa visão me enche os olhos.
    Já aconteceu de você congelar algo e simplesmente esquecer da existência daquilo? Aí quando você encontra tá tudo tão cheio de gelo, guardado a tanto tempo que nem dá mais vontade de usar? Comigo já! Usando os queridos saquinhos especiais para guardar comida, basta lavar tudo bem direitinho, cozinhar e armazenar do jeito que achar melhor. Muito mais fácil encontrar e tirar as comidinhas assim do que tudo amontoado e coberto de gelo num canto qualquer do congelador.

Comida organizada no congelador

Lindo congelador, né não?

  1. Forminhas de gelo pra organizar:
    Quem disse que forminhas de gelo são só para gelo? Nananinanão! Dá pra guardar de tudo nessas belezinhas, desde molho de tomate até caldo de legumes/carne/frango e todo o tipo de molho feito em casa, pra não encher sua família de sal e outras porcarias néah? Já usei este método e deu muito certo.

Como organizar comida de maneira inteligente

Molho de tomate em forminhas de gelo

  1. Ervas:
    Olha que lindo! Não falei que dá pra guardar quase tudo em forminhas de gelo? Que tal armazenar suas ervas de tempero já prontinhas pra usar? Dá pra guardar já no azeite ou na manteiga (foto) ou sem nada mesmo, só a erva mesmo num potinho. (Depois de lavada, claro)

Como organizar comida de maneira inteligente

Ervas em fôrmas de gelo

  1. Vegetais:
    Descascar, lavar, cozinhar e guardar. Fácil assim.

Como armazenar comida de maneira inteligente

Vegetais inteligentemente congelados continuam fresquinhos depois

  1. Salada no pote:
    Difícil de acreditar, mas funciona. Depois de lavados basta guardar sua salada num pote de vidro. Tudo se mantém fresco durante muito mais tempo.

Como armazenar comida de maneira inteligente

Tudo lavadinho dentro de um pote de vidro.

Existem muitas outras maneiras de armazenar e organizar a comida e cada detalhe que nos ajude a organizar um pouquinho mais nosso pequeno caos já ajuda, e muito né?

Ler mais sobre: Alimentação

Leia também...

Dicas da mamãe Joana #2 – Picolé de leite materno seguro (picoleite)

October 14th, 2015
Categorias: Alimentação

Já pensou num jeito gostoso, saudável e seguro de refrescar seu bebê no calor? O picoleite é o picolé de leite materno feito de uma maneira segura e super fácil. Aprenda aqui.

 

(more…)

Ler mais sobre: Alimentação

Leia também...

Mika na cozinha #3 – Sorvete de banana mais fácil do MUNDO

September 3rd, 2015
Categorias: Receitas doces

 

Já bateu aquela vontade de comer uma gordice durante a dieta? Tá tentando mudar hábitos alimentares mas bateu aquele momento desesperador aonde você precisaaaa comer um doce?

Você tenta fazer seus filhos comerem direito mas eles vivem pedindo sorvete? A solução pra tudo isso numa só receita, e quem nos ensina a fazer é o Mika!

INGREDIENTES:

3 bananas

1 col sopa de açúcar

uma pitada de canela

 

Embora seja de banana eu me surpreendi porque é delicioso MESMO e absurdamente cremoso! Se a banana estiver bem madura nem precisa do açúcar, é espetacular. Fique atento ao tipo de banana que você vai usar. Aqui usamos prata que além de ser nossa favorita é mais neutra. Minha mãe disse (acho melhor confiar) que a nanica solta o intestino e a maçã prende… melhor não arriscar não é?

Não esqueça de postar a foto do sorvete com #Mikanacozinha caso vc faça essa ou outra receita, dê seu like no vídeo, se inscreva no canal do Youtube e curta a nossa página do Facebook.

 

Até semana que vem! 😀

Ler mais sobre: Receitas doces

Leia também...

Mika na Cozinha #2 – Banana com chocolate na churrasqueira

August 27th, 2015
Categorias: Receitas doces

Sabe aquele churrascão de domingo? Chega uma hora que a gente se empanturra de salgado e quer um doce, mas o que comer de doce num churrasco?

Pavê e sorvete tá batido, o negócio é fazer um quitute simples e fantástico que fica pronto de cinco minutinhos, e utilizando nada mais nada menos do que a própria churrasqueira. É ESSE quitute especial que o Mika faz hoje no segundo episódio de Mika na Cozinha. E bom… como acompanhamento é sorvete mesmo, porque sorvete é VI-DA!

A imagem tá super tremida porque estamos sem tripé, e o áudio também não tá lá essas coisas por causa do ambiente, mas aos pouquinhos a gente vai melhorando… tenha misericórdia e dê seu like mesmo assim pra nos ajudar 😀

 

INGREDIENTES

1 banana

2 ou 3 quadradinhos de chocolate ao leite

sorvete de creme

  • Qualquer sabor de sorvete serve, mas o de creme é o melhor pra acompanhar, com certeza.

  • Como a banana está quente o sorvete derrete super rápido então não dá pra ficar enrolando pra comer.

  • Sobremesa barata e super rápida de fazer.

Ler mais sobre: Receitas doces

Leia também...

Mika na Cozinha #1 – O melhor bolo de cenoura do MUNDO!

August 21st, 2015
Categorias: Receitas doces

Sabe aquele bolo de cenoura clássico da vovó com a cobertura durinha e quebradiça de chocolate?

Poucos doces são melhores do que esse na minha opinião. Aprenda como fazer essa delícia no nosso primeiro vídeo do #Mikanacozinha com meu príncipe de 3 aninhos, Mikael.

 

Ingredientes:

BOLO

  • 3 cenouras médias

  • 1 xícara de óleo

  • 2 xícaras de açúcar

  • 4 ovos

  • 2 xícaras de farinha de trigo

  • 2 col (sopa) rasas de fermento

COBERTURA

  • 2 col (sopa) de manteiga

  • 16 col (sopa) de açúcar

  • 4 col (sopa) de nescau (fiz com outros achocolatados mas não ficou tão bom)

  • 8 col (sopa) de leite

 

Modo de preparo… assista ao vídeo 😀

 

Algumas observações sobre o bolo…

  • as cenouras precisam ser médias. Se forem muito grandes o bolo não cresce adequadamente.

  • a cobertura fica PERFEITA com Nescau! Com os outros achocolatados ficou gostoso mas não chegou nem perto.

  • a hora de misturar é a mais importante. Misturar o mínimo possível pra não desenvolver o glúten da farinha, mas o suficiente pra incorporar os ingredientes uns nos outros e não ficarem “nacos” de farinha no seu bolo.

  • algumas pessoas falam pra dar umas “batidinhas” com a forma na mesa. Se você faz isso o ar incorporado na massa sai, e ele não fica tão macio.

  • no lugar de manteiga você até pode usar margarina, mas a manteiga é um zilhão de vezes mais gostosa e saudável… se bem que usar manteiga com a desculpa de “ser saudável” nesse caso é como comer salada tomando coca cola diet.

 

Façam e postem no instagram com a hashtag Mikanacozinha (#Mikanacozinha) pra eu ver se ficou mais bonito que o dele 😉

Ler mais sobre: Receitas doces

Leia também...