Pote da calma: Aprenda a fazer

Em May 19th, 2017

O pote da calma pode salvar um passeio ou tranquilizar seu filho na hora de ir pra cama.

Com R$5,00 em média e cinco minutos você consegue confeccionar essa maravilha em casa!

Em breve pretendo fazer um vídeo explicando, mas enquanto isso, vai por aqui mesmo escritinho

Garrafas sensoriais ou potes da calma são garrafas plásticas de qualquer tamanho, desde que sejam transparentes e com objetos que despertem a curiosidade e o desejo de observação (estrelinhas, bolinhas, bolicas, bichinhos, dados ou o que você tiver em casa), as cores e formas que quando misturados a água, areia ou outra coisa produzam algum efeito interessante.

AVISO! Como a garrafinha estará cheia de coisas fáceis de engolir, cole a tampa para vedar bem. Caso ache necessário, use cola quente.


Aprenda a fazer o pote da calma

Pote da calma. foto: coruja prof

Dá pra fazer com:
– lantejoulas
– purpurina
– cola colorida e com glitter
– flores de plástico
– canudo cortado
– floquinhos de isopor
– brinquedinhos (aranha, carrinho, bonequinhos…)
– dados
– números e letras feito de garrafa pet (fazer de garrafa verde para aparecer na transparente)
– bolinhas coloridas de vaso de flor (aquelas que aumentam quando colocadas na água)
– peixinhos, corações e estrelas de pedaços de luva de borracha (luva amarela para limpeza)
– bolinhas de gude
– conchinhas da praia
e o mais legal, -estrelhinhas que brilham no escuro

Leia também: Meu filho precisa de psicólogo, e agora?

Como fazer?

Basta escolher a garrafinha de sua preferência, encher de água, colocar glitter da cor escolhida e os brinquedinhos.
Depois para vedar a tampa, é importante rosquear bem já com cola instantânea ou cola quente, para garantir que a garrafa não se abra e faça uma lambança ou seja um potencial perigo para seu filho pequeno caso ele tenha a brilhante (literalmente) ideia de colocar o conteúdo da garrafa na boca.

Em breve eu vou gravar um vídeo pra vocês mostrando como fazer, e como usar (vou testar).

Alguém de vocês já testou?

Parte do conteúdo deste post foi retirado do blog http://coruja-prof.blogspot.com.br/

Ler mais sobre: Para bebês e crianças
Por Joana
joana scheer comente
Comente