Sobre

<3

Família casa cheia

Nossa historia é longa, intensa e dá pra escrever um livro (aguardem, quem sabe um dia né? rs), mas bora fazer um apanhadão de tudo só pra vocês se situarem e nos conhecerem um pouquinho.

Eu e meu marido Gustavo nos conhecemos em 2010 quando fui fazer um estágio em SC com baleias. Nos envolvemos intensamente mas tive que voltar à selva de pedra quando o estágio acabou pra dar continuidade à vida aqui. Faculdade, trabalho na parte da tarde, vidinha de sempre… eis que um dia mamãe abriu mão de mim e me disse pra voltar pra lá porque aqui eu não estava feliz. Comuniquei ao excelentíssimo que estava voltando e que alugaria uma casinha próxima à dele, e que se ele quisesse morar comigo estava convidado e dividiríamos o aluguel. Ele aceitou e quando cheguei lá começamos a vida a dois morando na beira do mar, na cidade de Imbituba.

Pouco tempo depois descobri que Mikael estava a caminho. Nossa cidade era pequena e nem hospital tinha. Nos mudamos pra Tubarão e lá continuei a faculdade mais um pouco e logo nasceu o Mikael.

Viemos então pra São Paulo mas não queríamos a cidade grande, então ficamos um tempo em Itanhaém, aonde um ano e um mês depois engravidei do segundo passarinho, Gabriel que nasceu em Santos.

Depois de uns perrengues viemos pra São Paulo e um ano e dez meses depois nasceu o Daniel.

Hoje moramos eu, Gustavo, minha mãe, Mikael, Gabriel, Daniel e os agregados pegos da rua Ganiza e Canela e os gatos Dewey, Kimberly, Johnny, Goiaba, Murissoca, Eustácio e Zion, tudo num canto só… não é lindo? É lindo sim, e meio insano às vezes.

O blog Joana Scheer é um sonho antigo que está começando a ter forma agora que a onda dos blogs/vlogs está voltando (e que seja pra ficar, espero eu). Sempre gostei muito de escrever e já tive um blog a um cazilhão de anos atrás aonde derramava minhas lágrimas adolescentes e desabafos. Aqui você vai ver de tudo um pouco. Assuntos relacionados ou não à maternidade, porque eu sou mãe sim, mas também sou mulher e ser humano né?

Pretendo também fazer resenhas de produtos e serviços, tudo com transparência e selo Joaninha de qualidade porque eu JAMAIS anunciarei nada aqui que eu não usaria.

 

Pra quê um blog?

Nunca me imaginei dona de casa, mãe e feliz ao mesmo tempo. Mas não é que eu amei? Amo cuidar dos meus filhos, mas também gosto de trabalhar, escrever, desenvolver, então por que não juntar tudo? Começou aí…

além disso, o que me motivou a fazer o blog foi essa ilusão absurda de que as mães precisam ser “assim” ou “assado”, as noites mal dormidas onde eu SÓ queria dormir, a casa que tá SEMPRE bagunçada e suja não importa o quanto eu limpe ou arrume, os dias em que eu não quero cuidar de ninguém, só quero dormir e comer, os berros que eu dou quando perco a paciência e a culpa que eu sentia por fazer essas coisas, por não ser perfeita. O martírio e a tortura “minha comigo mesma” por não ter a maternidade algodão doce na minha vida.

Resolvi desconstruir esse padrão que só faz com que as mães se sintam mal. Se sintam pressionadas, com vergonha de falhar e com medo de ter dedos apontados para si. Quero que leiam, que se identifiquem e saibam que “tamo junto” –embora eu deteste esta expressão-.

Sejam bem-vindas, e bem-vindos também já que tem muito pai que se interessa por esses assuntos também (todos podiam ser assim né?). Vamos rir, chorar, causar e mudar o mundo, todos juntos.