Alergia respiratória no bebê, tudo o que você gostaria de saber

joana scheer Em August 23rd, 2016

Julho foi um verdadeiro pesadelo. Do início ao fim com uma internação e um ciclo infinito de gripes, crises de alergia respiratória e “viroses”. Quase enlouqueci. Na última consulta do Daniel na pediatra ela recomendou consultarmos com um pneumologista, e assim eu fiz. AVISO: Este post não é uma consulta médica, até porque nem médica eu sou. Sou uma mãe que consultou o filho com o especialista e aqui relato o que me foi passado. Cada criança tem um corpo e reações diferentes, portanto jamais medique seu filho sem antes falar com o médico. Se você medicar seu filho por conta própria e der ruim a responsa é toda sua, tá? Simbora! Como perdemos o plano de saúde recentemente fui atrás de um grupo de médicos a preços mais acessíveis, o Dr. Consulta. Marquei consulta pelo chat no site deles e fomos no dia seguinte. A médica em si foi sensacional. Perguntou de todo o histórico do Daniel desde o nascimento, examinou de cabo a rabo, explicou todo o funcionamento do trato respiratório e como e porquê as crises alérgicas se desencadeiam. Passou alguns exames pra fazermos nos próximos meses e uma receita pra usar toda vez que ele tiver […]

Leia mais)

Daniel internado com pneumonia e a reflexão que isso me trouxe

joana scheer Em July 25th, 2016

Todos os meus meninos já estiveram gripados diversas vezes, umas gripes mais leves, outras mais graves. Já tive que levar no pronto socorro e era sempre a mesma coisa. Inalações, raio x e voltávamos pra casa. Algumas vezes eu ia “à toa” e os médicos sempre me diziam a mesma coisa… Só venha ao pronto socorro se a febre durar mais de dois dias ou se ele estiver cansado (“puxando costela” pra respirar). Pois bem, eu segui assim até desta última vez com o Daniel. Uma gripe comum que foi se agravando e se transformou numa broncopneumonia. Levei ao pronto socorro e com uma saturação de 94 voltamos pra casa e fizemos aqui o tratamento. Depois de 10 dias ele estava ótimo, mas logo a febre e o cansaço acompanhado da tosse voltaram. Levei novamente e constatamos que mesmo após todo o tratamento a pneumonia ainda estava lá. Com uma saturação de 88 Daniel foi internado. Pra mim aquilo foi um choque! Primeiro porque pela primeira vez estávamos à mercê da saúde pública já que perdemos o convênio médico com toda essa crise. Depois porque fomos de uma UPA a um hospital de ambulância. Parecia tudo tão grave… mas ele […]

Leia mais)

Carta de uma mamãe de recém nascido ao seu marido

joana scheer Em September 22nd, 2015

 A gestação traz alegria, muita alegria. Mas com essa alegria vem o medo. Medo de ser uma mãe ruim, medo de desapontar o marido, medo de não corresponder às expectativas (da família, amigos, marido e as dela mesma). Eu sentia tanta coisa, chorava do nada, parecia uma louca mas dificilmente dizia o que sentia pro meu marido. Eu mesma não entendia direito o que eu estava sentindo naquele momento e foi difícil pra mim lidar com tudo, principalmente comigo mesma. Se meu marido tivesse entendido como eu estava me sentindo naquele momento tão delicado provavelmente teria me ajudado mais e teríamos discutido menos. Escrevi uma cartinha com tudo o que eu gostaria de ter dito ao meu marido quando meus filhos nasceram. Acredito que muitas mamães vão se identificar.   Amor… quando eu chegar da maternidade estarei com medo, mesmo que já tenha sido mãe antes. Por favor compreenda e me acalme quando eu pirar. Diga que vai dar tudo certo mesmo que você também esteja com medo. Prometo te fortalecer quando você estiver inseguro mas por favor me ajude agora. Eu vou chorar mesmo que eu esteja feliz. Meus hormônios estão bagunçados dentro de mim e tudo o que você pode fazer neste […]

Leia mais)

Relato dos meus partos e a violência obstétrica que sofri

joana scheer Em September 7th, 2015

  Como toda mãe eu tinha um sonho de como seria a gestação, o chá de bebê e o parto. Mas nem tudo é como a gente sonha. Hoje vou relatar cada um dos meus partos, e a violência obstétrica que sofri em dois deles. Aqui no blog tem um post sobre a violência obstétrica, leia aqui.   Mikael Hoje o Mika tem 3 aninhos. Fiquei saltitante quando descobri a gravidez, mas o papai deles ficou morrendo de medo. Nos mudamos pra outra cidade, mais próxima do hospital porque aonde morávamos na época era bem isolado. Sonhava com o par to natural, não queria nem anestesia. A gravidez correu perfeitamente e eu não senti nada, cansaço, sono, nada disso. Cheguei a pular um muro com 8 meses e meio de gravidez porque tinha perdido a chave de casa. Enfim, não éramos casados. No dia 03.03.12 nos casamos e no dia 04.03 quando acordei havia um liquido na cama. Não sabia se a bolsa tinha estourado ou não então corremos pro hospital pra saber. Se não tivesse estourado eu voltaria pra casa e esperaria. Chegamos lá e fomos bem atendidos. Um enfermeiro fez o toque e saiu. Depois de uma meia hora voltou […]

Leia mais)

Violência obstétrica: O que é e como denunciar

joana scheer Em September 7th, 2015

Uma em cada 4 mulheres sofre violência obstétrica no Brasil e muitas delas nem sabem do que se trata. Era o meu caso… você pode ler o relato dos meus três partos aqui. No meu caso ocorreu só na hora do parto, mas a violencia obstétrica vai muito além da sala de parto. Hoje vou falar um pouco sobre cada um dos tipos e como denunciar. Violência obstétrica durante a gestação Toda mulher tem direito não só a um pré natal, mas um pré natal de QUALIDADE visando a saúde e bem estar da mãe e do bebê em todo o período de gestação. É considerada violência obstétrica: negar ou dificultar atendimento à mulher aonde ela realiza o pré natal. qualquer, QUALQUER comentário negativo e constrangedor em relação à mulher, seja pela cor, raça, condição socioeconômica, número de filhos, etc…   ofender de qualquer maneira a mulher ou sua família agendar cesárea SEM RECOMENDAÇÃO ou evidencias de real necessidade atendendo aos interesses ou conveniencia do médico   Violência obstétrica no parto Pouca gente sabe mas no Brasil toda mulher tem direito a um acompanhante na sala de parto, pré e pós parto também, além de ter o direito de ser tratada como […]

Leia mais)