O que estamos fazendo com as nossas crianças?

joana scheer Em March 2nd, 2016

Somos parcialmente responsáveis pela formação de caráter de um ser humano, isso é muito sério! Quando nasce um filho precisamos abdicar de muitos dos nossos planos e desejos daquele momento, deixar de sair, deixar de dormir uma noite completa (o que em mim pelo menos tem efeitos desastrosos), comer comida gelada, tomar banho quando dá e às vezes ir dormir sem banho mesmo, entre muitas outras coisas. Algumas mães ou pais ainda precisam trabalhar fora e não conseguem dispensar a atenção que gostariam a seus filhos. Abdicar de tudo assim é muito difícil, e existem de fato pessoas que não conseguem. Deixam os filhos sempre com os avós pra sair pra balada, curtir a noitada. Outro pais preferem deixar seus filhos passarem seus dias com o Doki ou a Peppa na TV porque, afinal de contas, tem muita coisa pra fazer e não tem como deixar de fazer tudo pra brincar com os filhos. Pais que, pra tentar suprir essa falta –e pra aliviar o sentimento de culpa- enchem os filhos de coisas, presentes, roupas e brinquedos. Come um no sofá outro na mesa, um vendo TV e outro mexendo no celular, mas nunca conversando. Somos parcialmente responsáveis pela formação […]

Leia mais)

Um tempo só meu

joana scheer Em January 30th, 2016

[…]Pra um ser humano que nasce egocêntrico abrir mão da individualidade não é fácil[…]   Depois de quase 4 anos tive um tempo pra mim, só pra mim. Deixei o Daniel com uma amiga, Mika e Gab ficaram dormindo em casa com a vovó e eu fui ao cinema. Assisti o novo filme da saga Star Wars. O filme me surpreendeu e me prendeu do início ao fim, mas e o tempo sozinha, como foi?   Na verdade foi uma mistura de sentimentos. Fiquei fora durante umas 4 horas. Foi maravilhoso não me preocupar com um bebê chorando no banco de trás do carro sempre que eu precisava esperar o farol abrir, poder estacionar o carro, descer dele e trancá-lo levando apenas alguns segundos e sem ter que mexer no porta malas pra tirar malas e carrinho. Pegar a escada rolante do shopping e não ficar me preocupando em procurar elevador pra subir com o trambolho carrinho de bebê. Poder ir ao banheiro depois do filme e fazer um longo xixi sem precisar me equilibrar com um bebê no colo. E assistir um ótimo filme do início ao fim, quase sem piscar, sem interrupções… simplesmente indescritível. Por outro lado eu […]

Leia mais)

Cap. 2 – Da escola particular para a pública. Como foi até aqui

joana scheer Em December 23rd, 2015

O mikael faz 4 anos em março e com isso vai ter que mudar de escola de novo. Isso sempre me traz apreensão, mas acho que faz parte da maternidade ter medo de coisas novas, de qualquer coisa que possa interferir na vida dos nossos filhos, né? Como foram esses meses de escola pública? Vou contar tudo até aqui. Não existe castigo ou “cantinho do pensamento”, é tudo na conversa. Todos os dias o Mikael vem pra casa com uma música nova que aprendeu na escola. Algumas eu não gosto (boi da cara preta, atirei o pau no gato e cuca) e outras são lindas e doces. De qualquer maneira é delicioso vê-lo cantarolar pela casa enquanto se troca ou brinca. O Mikael foi transferido automaticamente pra uma escola super perto de casa, eles me ligaram marcando e eu só tive que ir lá fazer a matrícula. Pronto. Facílimo de resolver. Recentemente preenchi uma fichinha com a numeração de roupa do Mika pros uniformes da nova escola, fácil assim. Recebemos leite em casa, de ótima qualidade. E não é pouco não. Eles gostam da escolinha, Gab chorou algumas vezes na entrada mas quando eu descia da sala do Mika ele […]

Leia mais)

Escolhas. Eu gosto, ele não

joana scheer Em December 15th, 2015

Será mesmo necessário mostrar desapontamento se você torce pro São Paulo e seu filho escolhe ser Corintiano? Escolhas diferentes são mesmo tão importantes? Eu me amarro em “sagas nerd” como Star Wars por exemplo. Ainda estou na sofrência porque não vou poder ver o filme na pré estréia por causa do horário. Pensei até em me vestir de Stormtrooper e levar o Dani com orelhas de Yoda… mas tudo bem, fica pra próxima. Enfim… quando gostamos de alguma coisa automaticamente já imaginamos nossos filhos curtindo a mesma coisa, fazendo parte daquilo contigo. No dia das crianças mesmo eu confesso que tentei convencer o Mikael de comprar um dinossauro de brinquedo porque EU sou fã de Jurassic Park e enlouqueci com o novo filme. Mas ainda assim ele preferiu os robôs de sempre (que eu também gosto por sinal, hehe). O ponto é que muitas vezes os pais expressam uma insatisfação enorme quando os filhos não compartilham dos seus gostos. Eu mesma já tentei fazê-lo desgostar do homem aranha porque EU não gosto. Até que ponto isso é saudável? Eu sou diferente dos meus pais, tenho meus próprios gostos, vontades e fiz minhas próprias escolhas. Acho importante que as crianças se sintam […]

Leia mais)

Repelentes naturais – 7 receitas pra fazer em casa

joana scheer Em December 8th, 2015

Sempre foi importante proteger nossos pequenos de qualquer ameaça que possa cercá-los. Com essa onda de microcefalia o cuidado precisa dobrar. Não podemos nos esquecer no entanto que repelentes podem causar alergia e toxicidade se utilizados mais do que 3x ao dia. Pensando nisso reuni algumas receitas de repelentes naturais que podem ser feitos em casa mesmo com muita facilidade.   Repelente caseiro para bebes e crianças. Pode ser utilizado em bebes a partir de 2 meses de vida. 1 embalagem 150 ml do hidratante Proderm 1 colher de óleo essencial de alfazema Modo de preparo Num recipiente de vidro misture muito bem o conteúdo de cada uma destas embalagens e depois guarde-a no frasco do Proderm. Aplique em todas as áreas do corpo expostas ao mosquito, diariamente, de 6 a 8 vezes por dia. O complexo B possui um aroma que afasta os mosquitos, prevenindo suas picadas. Para complementar este tratamento caseiro basta acender uma vela de citronela, que também é um excelente repelente natural em cada cômodo da casa para manter os mosquitos afastados.   Repelente para bebês 2 1 pomada hidratante para bebês (por exemplo: Proderm emulsã hidratante, ou a que o pediatra do seu filho recomendar) 20 […]

Leia mais)

15 ideias para festa tema Star Wars

joana scheer Em December 3rd, 2015

Todo mundo está enlouquecido (inclusive eu) com o lançamento do novo filme da saga Star Wars previsto para dezembro deste ano. Separei aqui 15 ideias sensacionais para decorar e se divertir em uma festa temática.   Bolinhos Chewbacca Um bolinho estilo “Ana Maria” decorado com chocolate banhado no doce de leite, delícia… Imprima aqui Lord Vader e os Stormtroopers e cole-os num kit de boliche garantindo um confronto emocionante. Faça máscaras com os personagens com papel mais grosso ou EVA para que as crianças se divirtam durante a festa e possam levar esta lembrança pra brincar em casa também (prefiro EVA que é baratinho e bem mais durável do que papel) -foto 1-. Com lã e um arco é possível fazer estas tiarinhas com o penteado clássico da princesa Leia.Outra opção é fazer orelhinhas de Yoda com nosso amigão EVA -foto 2-. Com TNT ou um tecido leve dá pra fazer uma versão simples de uniformes Jedi -foto 3-. Cartolina e um palito de churrasco podem se transformar em máscaras. Balinhas em “tubos de ensaio” (encontrados em qualquer loja de festa) viram sabres de luz.   E que tal essa piñata de estrela da morte?! Gelatina “carbonita”.   Sala de treinamento […]

Leia mais)

9 Passeios pra fazer com as crianças em São Paulo

joana scheer Em November 26th, 2015

Quando chega o final de semana ou um feriado eu quero fazer algo diferente com os meninos, mas sempre fico na dúvida… nunca sei o que fazer. Reuni aqui uma lista (sim, eu curto listas) de 9 passeios legais pra fazer com as crianças em São Paulo e nas imediações.   Parque da Mônica Ideal para crianças entre 2 e 8 anos as atrações são baseadas no mundo criado por Mauricio de Souza. Todas as atrações aqui Av das Nações Unidas, 22.540   Wet’n Wild Aaaah! Lá até eu viro criança de novo. Pra quem curte água é uma delícia! Fui uma vez e tenho muita vontade de voltar. No caso das crianças, eu ia esperar até eles fazerem cinco anos pra curtirem mais, até ver essa foto da área infantil (abaixo). Até eu ficaria aí o dia todo brincando. Como é um local pra crianças e máster hiper mega super legal pra adultos também eu pelo menos quero levar mais alguém pra me ajudar com as crianças, pra eu poder brincar também, haha. Acesso pela Rodovia dos Bandeirantes, km 72 Itupeva, São Paulo. (11) 4496-8000   Kidzania A KidZania oferece às crianças e seus pais um ambiente seguro, único, realista […]

Leia mais)

Acabou a luz! E agora?

joana scheer Em November 14th, 2015

Essa semana deu uma ventania absurda por aqui e a luz acabou! A previsão de volta era de 3 a 6 dias, o que me fez quase ter um colapso só de me imaginar com 3 crianças pequenas em casa, sem nada para distraí-los nem por um minuto. Não costumo largar meus filhos nas mãos da tecnologia mas tenho que confessar que uma televisão ajuda, e muito nas “horas chave” do dia, como quando a mamãe precisa fazer o número 2 por exemplo. Sou “tímida” nessas horas e não consigo fazer nada com plateia. Banheiro é hora de ficar sozinha, e ponto. Mas e agora? Sem luz? Tudo aconteceu durante a tarde então quando fui buscar os meninos  na escola já não tinha mais energia. Resultado? Descer as escadas com o Dani no colo, pegar os meninos e subir até o oitavo andar com um bebê –de 10kg- no colo, duas mochilas na outra mão e duas crianças atrás de mim a passo de tartaruga (não que eu fosse mais rápida do que eles, ainda mais com peso extra). A noite foi chegando, eu fui fazendo tudo o mais rápido que pude porque estávamos sem lanternas, apenas com uma vela […]

Leia mais)

Mikael e o bolo de tchau bebê

joana scheer Em November 5th, 2015

Como eu divulguei esses dias o Mikael largou a mamadeira definitivamente e não usa mais fraldas pra dormir (eeeee… o bolso agradece, e muito). Recentemente também ele passou por uma fase de “regressão” porque via os meninos mais novos e queria  “fazer parte do bando”. Eu estava esperando algum acontecimento que realmente marcasse o crescimento dele pra sentar com ele, conversar e “oficializar”. E bom, com a retirada da mamadeira e da fralda creio que esse dia chegou. Como aconteceu? Na verdade com ele foi sempre tudo muito natural, eu nunca tive que forçar nada. Um dia ele simplesmente não quis o chá na hora de dormir e pediu um copo de água. Tomou a água, deitou e dormiu. Algumas semanas antes tínhamos exterminado a fralda noturna. Eu passei a leva-lo ao banheiro por volta das 23h e essa última “aliviada” é capaz de mantê-lo seco até de manhã. Queria preparar algo que lhe lembrasse de que ele é um mocinho agora e deve se comportar como tal, e não mais como um bebê. Um “divisor de águas” mesmo… Preparei um bolo recheado e decorei com papel de arroz do Pocoyo que ele gosta muito (e eu também). Quando ele […]

Leia mais)

Sobre o vídeo do menino quebrando tudo na escola

joana scheer Em October 30th, 2015

Vi recentemente um video de um menino de 7 anos quebrando tudo na escola. Enquanto ele jogava papéis, cadeiras e caixas no chão os funcionários filmavam indignados cogitando chamar a policia. O vídeo tem mais de 4 milhoes de visualizações e mais de 100.000 compartilhamentos e apareceu na minha timeline do facebook umas 10 vezes pelo menos em um só dia. E em todos, comentários do tipo “isso é um pequeno marginal”, “meu filho jamais faria isso”, “isso é culpa dos pais que não educam”, todo mundo tinha algo a dizer do menino, ou de seus pais. Os autores do vídeo escreveram uma pergunta… “o que fazer? Indiciar os pais?”. Eu raramente falo algo de peso em redes sociais porque sinceramente tenho preguiça de discutir, mas essa pergunta eu vou ter que responder.

Leia mais)

8 brincadeiras criativas para festas infantis

joana scheer Em October 26th, 2015

Dança das cadeiras, rabo no burro, corrida de colheres, etc. Essas são algumas das brincadeiras mais “batidas” que sobrevivem até hoje nas festas infantis. Além destas existem outras, algumas inovadoras e outras mais tradicionais mesmo. Separei 8 (oito) brincadeiras bem criativas pra marcar qualquer festa infantil como o evento do ano.   PEGA RABO Duas equipes prendem pedaços de pano em suas calças e correm umas atrás das outras pegando os pedaços de pano da equipe adversária. A equipe que pegar o maior número de “rabos” vence.

Leia mais)

Dicas da mamãe Joana #2 – Picolé de leite materno seguro (picoleite)

joana scheer Em October 14th, 2015

Já pensou num jeito gostoso, saudável e seguro de refrescar seu bebê no calor? O picoleite é o picolé de leite materno feito de uma maneira segura e super fácil. Aprenda aqui.  

Leia mais)

Segredos da maternidade

joana scheer Em October 8th, 2015

A gente vê pela internet imagens de crianças e mamães sorrindo, felizes e contentes. Assistimos na televisão comerciais aonde uma mãe linda, maquiada e super disposta preparar um café da manhã com tudo o que tem direito antes dos filhos irem pra escola. Bebês e mamães brincando durante a troca de fraldas, uma festa do algodão doce. Só que na vida real não é bem assim… Reuni aqui uma lista do que as mães guardam pra elas sobre a árdua e deliciosa maternidade.   A dor da peridural não é tudo isso. Dizem que dói muito, mas não é bem uma dor. O que incomoda mesmo é uma fisgada e o fato de ter alguém com uma agulha na sua coluna. Amamentar dói. Depois acostuma, mas no início pode até sangrar, e dói mesmo. O leite pode levar até 3 dias pra começar a descer, não se desespere. Quando tive o primeiro filho fiquei desesperada porque achei que não teria leite. Ele nasceu, sugava e nada. Quando o parto é normal/natural normalmente desce mais rápido porque a passagem do bebê pelo canal vaginal “avisa” o cérebro de que é hora de produzir leite. Após uma cesariana o leite pode levar […]

Leia mais)

Criança dando trabalho? Bota pra “trabalhar”

joana scheer Em September 30th, 2015

Aqui em casa pelo menos não existe melhor maneira de fazer meus filhos se comportarem do que colocá-los pra “trabalhar”. Colocá-los sentados pra pintar, desenhar, recortar é válido durante uns 10 minutos. Depois disso é briga, gritos ou o foco é perdido. É nessas horas que a tinta vai parar na parede, que a farinha escondida no armário vai parar em cada  mm³ da sua casa e por aí vai. Agora se eu preciso cozinhar, assar um bolo, estender roupas, colocar roupas na máquina, varrer a sala, etc… é só eu pedir ajuda que os dois vêm com todo o gosto e fazem tudo o que eu peço. Depois fica aquela sensação maravilhosa de realmente ter ajudado a mamãe. Quem é que não gosta de se sentir útil? Pois é, as crianças também. Depois de perceber que isso funciona tão bem nunca mais parei de usar. Quando eles me ajudam as tarefas demoram mais, mas nosso vínculo se fortalece, eles aprendem a ter responsabilidades (dadas de acordo com a idade, é claro) e se comportam muito, mas muito melhor porque se sentem bem com eles mesmos, se sentem “maduros”. Hoje lendo na internet descobri que tudo isso tem um nome que […]

Leia mais)

O que fazer em caso de abuso infantil?

joana scheer Em September 4th, 2015

  A primeira dica é ter certeza do que está falando ou pelo menos algum embasamento. Ontem aconteceu uma situação muito chata pra mim como mãe, e essa situação me inspirou a escrever o post de hoje então vizinha mal amada, obrigada. O Daniel está com 6 meses, não dorme a noite toda  e tem tido dificuldade de embalar no sono. Tem ido dormir lá pra 1 da manhã, às vezes 2h. Só que antes de dormir ele dá AQUELE show, chora muito, fica incomodado porque está com sono mas não consegue dormir. E esse baile todo começa lá pelas 19h quando eu deixo ele com a minha mãe pra arrumar os outros dois pra dormir. Ele fica sonolemto, mau humorado e chora, reclama, resmunga por QUALQUER coisa. Enfim… minha mãe já tinha ido dormir e eu estava tentando fazê-lo dormir (porque TODO MUNDO que tem um filho sabe que uma criança briga até o fim contra o sono e chora durante todo esse processo). De repente toca o interfone.

Leia mais)

Meu filho precisa de psicólogo, e agora?

joana scheer Em August 31st, 2015

  Meu filho mais velho tem 3 anos e é uma das crianças mais carinhosas que eu já vi. É inteligente, amoroso, doce, puro de coração e bondoso… mas… Desde que coloquei-o na escolinha ele desde o início apresentou comportamento agressivo. Batia nos amigos, mordia e tinha ataques de raiva que eram desencadeados quando qualquer coisa não era como ele queria. Ficava completamente descontrolado e chegou a levantar com os pés uma mesa enorme com computador e aquelas impressoras grandes em cima. Um adulto não conseguia segurá-lo durante os ataques. A diretora da escola na época me aconselhou a passá-lo com uma psicóloga, e meu mundo caiu naquele momento! Meu filho, lindo, doce, carinhoso, amável tinha um pr oblema que eu não podia resolver! Aliás, naquele momento ele ERA um problema, pelo menos na minha mente. Imaginei a vida que ele poderia ter se as coisas continuassem assim como se fosse uma sentença. Imaginei ele sendo a “criança problema” das escolas (aliás, professores… jamais chamem uma criança assim), não querendo estudar, crescendo rebelde, se envolvendo com drogas… me imaginei chorando de madrugada esperando ele voltar.. Acho que dá pra ter uma noção do quão TERRÍVEL foi pra mim!   Como toda mãe faz, eu […]

Leia mais)